quinta-feira, 13 de agosto de 2009

“... Não te deixarei ir se não me abençoares...” (Gênesis 32: 26, 28)





“... Não te deixarei ir se não me abençoares...” (Gênesis 32: 26, 28)

Creia, espere, confie, aguarde, clame, chore, busque a Deus, mas não desista da sua benção, Jacó segurou o Anjo, lutou com o Anjo, foi ferido, não desistiu enquanto não recebeu a benção de se tornar no Israel de Deus, pois lutou este como príncipe, lutou com Deus e com os homens e prevaleceu. (Vs: 28).

O verdadeiro herói, nem sempre é aquele que vence todas as guerras, mas o que diante da derrota de uma batalha, se levanta sacode o pó e vence a guerra. Você é um(a) CAMPEÃ(O) um(a) VALENTE de Deus, assim como foram Davi, Daniel, João Batista, os apóstolos, os reformadores e milhões de crentes por toda a história, sabiam que poderiam ter a mesma sorte que o Filho de Deus. Sabiam que poderiam vencer o mundo, “Esta é a vitória que vence o mundo a nossa fé” (I João 5:4).

Toda a luta se resume numa resposta em II Cor.5:14 – “O amor de Cristo nos constrange...”. Tome posse de sua benção, Deus está querendo homens constrangidos pelo Amor de Cristo para abençoar o mundo – somos valentes de Deus.

Termino dizendo: um dia ouviremos com bom e altissonante som: “... entrai no gozo do vosso Senhor...”. Há milhões hoje sofrendo e chorando sem Deus. Morrerão perdidos? Vamos aumentar o coro daqueles que se tornarão em vencedores e receberão a benção mencionada em Malaquias:

“...para vós outros que temeis a meu nome nascerá o Sol da Justiça, trazendo salvação nas suas asas: saireis e saltareis como bezerros soltos na estrebaria” (Ml. 4:2).

Que o Altíssimo vos abençoe hoje e eternamente.

Juntando homens, mulheres, moços que podeis ser valentes de Deus - Em casa, no trabalho, no seu escritório, consultório, na faculdade e nas igrejas, para a luta que nos está proposta: “...Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura...”


Zênio Santos

3 comentários:

  1. Nobre Irmão visite o meu blog e se gostar faremos uma interação. Um grande abraço desse que propõe amizade. João Joaquim Martins.
    http://joaorevela.blogspot.com/

    ResponderExcluir