sexta-feira, 24 de julho de 2009

A OBEDIÊNCIA DA FÉ




Crer não é uma opção, é um mandamento. Jesus disse aos seus discípulos: “Tende fé em Deus” (Mc 11.22). Sabemos que sem fé é impossível agradá-lo, portanto, se não crermos, não receberemos as respostas divinas. Observe nos evangelhos que todos aqueles que se aproximavam de Jesus, crendo na promessa de que Ele era o Messias, recebiam os Seus milagres. Da mesma forma, aproxime-se Dele crendo que Ele é Deus, o Todo Poderoso. Ele disse “que tudo o que pedirdes em oração, crede que o recebereis, e tê-lo-eis” (v.24). Faça uso da sua fé positiva, ore e apegue-se à promessa divina sem duvidar. Ela gera o poder que necessitamos para esperar pela resposta! Jesus disse: “Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito” (Jo 15.7). Ao se referir às palavras que guardamos em nossos corações, Jesus não estava fazendo menção apenas dos trechos bíblicos que conhecemos, mas especialmente da palavra que foi revelada pelo Espírito Santo aos nossos corações. Ele extrai da palavra logos (total) uma palavra rhema (específica). Esta palavra viva, que é como uma profecia vem impregnada de unção, cura, revelação e transformação, e toca profundamente os nossos corações. Jeremias disse: “E veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? Eu respondi: Vejo uma vara de amendoeira. Então me disse o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la” (Jr 1.11,12). Nós podemos recebê-la de várias maneiras: através de outra pessoa, da leitura bíblica ou dos dons espirituais, pelo Espírito Santo, etc. Normalmente, nos referimos a esta palavra como a promessa de Deus para nós e é ela que nos dá a certeza do milagre recebido. Jesus disse: “Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão” (Lc 21.33).


Zênio Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário